fabricante: Nike

O Nike Air Zoom Terra Kiger 3 faz parte de uma linha de grande apreço do público de tênis para trilhas. Com excelente acabamento, tecnologia de última geração e inovação no solado em relação ao modelo anterior, o Terra Kiger pode ter mais um modelo a despontar nas vendas.

Mas será que novo modelo Nike adota apenas pontos positivos? Analisamos comentários de compradores na internet, especialistas e usuários constantes da linha para avaliar o novo Nike Air Zoom Terra Kiger 3.

Confira a todas informações que temos sobre este tênis.

  • Especialistas
  • Usuários
1 a 20 21 a 40 41 a 60 61 a 80 81 a 90 91 a 100

Média Geral

2 usuários: 88 / 100

2 especialistas: 86 / 100

Dê a sua nota:

prós

  • Conforto

    Bastante confortável, o Nike Air Zoom Terra Kiger 3 incorpora um bom acolchoamento interno, uma palmilha macia e uma entressola eficiente em impedir impactos durante a atividade física do usuário.

  • Tração

    A tração foi muito destacada em inúmeras avaliações. Inclusive, muitos exaltaram seu poder em enfrentar superfícies lisas e molhadas com perfeita execução. Sem dúvidas, no quesito tração, a Nike não costuma decepcionar nos tênis de trilha.

  • Encaixe

    O bom encaixe favorece uma boa corrida. Apesar de algumas constatações, a maioria dos avaliadores qualificou como positiva a forma interna do calçado, bem como sua acomodação ao formato do pé.

  • Amortecimento

    Adotando a tecnologia Phylon full-length junto à Air Zoom, o calçado proporciona um bom retorno de energia ao corredor. Além de impedir os impactos, ela também providencia conforto ao longo do trajeto.

  • Leveza

    O baixo peso impressiona. De bom acabamento e durabilidade aceitável, percebe-se uma boa economia, sobretudo, em preenchimento de espuma para manter um peso leve e agradável.

  • Design

    A montagem simples e minimalista agradou muito aos usuários. O destaque vai para a inserção da tecnologia Dynamic Flywire, que possibilita uma afirmação do pé do corredor ao tênis

Contra

  • Exige adaptação

    A nova forma em relação ao modelo anterior exige adaptação até mesmo dos que já são acostumados com a linha. A diminuição do drop, bem como o toe-box mais estreito foram modificações precisas e significativas.

  • Limitado

    Alguns usuários reclamaram da limitação do calçado tão somente às trilhas, não sendo um bom recurso para outros tipos de corrida – como muitos tênis têm adotado no mercado. Neste quesito, o Nike Air Zoom Terra Kiger 3 fica para trás dos concorrentes.

  • Respirabilidade

    Ausência total de ventilação na região interna do calçado. Para dias mais quentes, o calçado pode deixar muito a desejar.

Avaliações especialistas

Mais Positivo

Peyton Royal

Eu levei o meu par do Terra Kiger 3 para a rua para uma corrida de oito milhas e fiquei satisfeito que eles me proporcionaram uma caminhada agradável na calçada como também na superfície do parque. Muitos tênis para trilhas acabam com minhas pernas mesmo em superfícies lisas de asfalto em questão de minutos, mas não estes. O passeio é firme e snappy fora da terra, e retem esta qualidade bem ao arar através da lama e acima das colinas.

Mais Negativo

Tom Caughlan

Via: I Run Far

A tecnologia Phylon tem um aspecto mais rígido e alto, muito mais firme, e este material de entressola cria um passeio rígido, mas a espessura maior foi uma adição apropriada na minha opinião. Em primeiro lugar, alivia a necessidade de uma placa de estabilidade, e também dá ao usuário mais confiança em seções rochosas de trilha. Em segundo lugar, o equilíbrio entre as unidades de Zoom Air no antepé e no calcanhar fazem deste tênis um sonho para o médio/antepé do usuário.

OUTRAS AVALIAÇÕES

  • Peyton Royal

    Eu levei o meu par do Terra Kiger 3 para a rua para uma corrida de oito milhas e fiquei satisfeito que eles me proporcionaram uma caminhada agradável na calçada como também na superfície do parque. Muitos tênis para trilhas acabam com minhas pernas mesmo em superfícies lisas de asfalto em questão de minutos, mas não estes. O passeio é firme e snappy fora da terra, e retem esta qualidade bem ao arar através da lama e acima das colinas.

  • Tom Caughlan

    Via: I Run Far

    A tecnologia Phylon tem um aspecto mais rígido e alto, muito mais firme, e este material de entressola cria um passeio rígido, mas a espessura maior foi uma adição apropriada na minha opinião. Em primeiro lugar, alivia a necessidade de uma placa de estabilidade, e também dá ao usuário mais confiança em seções rochosas de trilha. Em segundo lugar, o equilíbrio entre as unidades de Zoom Air no antepé e no calcanhar fazem deste tênis um sonho para o médio/antepé do usuário.

Atributos

  • Tecnologia

    - Flywire: Utiliza tramas na região do cabedal com o intuito de fixar melhor o pé no interior do calçado;
    - Flymesh: Material sintético que incorpora a região do cabedal;
    - Phylon full-length: Tecnologia inserida na entressola que promete bastante retorno de energia ao longo do trajeto;
    - Dual Density Outsole: Emborrachamento de dupla densidade para promoção de tração ao corredor;

  • Durabilidade

    Aceitável, de certa forma. Apesar de haver algumas críticas relatando problemas com a malha de cabedal, a durabilidade passa com nota média em qualquer tipo de avaliação.

  • Amortecimento

    Aliando Phylon e Air Zoom, o calçado se mostra bastante eficiente no que tange, sobretudo, a qualidade das passadas, conforto nas mesmas e retorno de energia.

  • Flexibilidade

    Um tênis firme, de pouca flexibilidade. No entanto o drop baixo uniformiza a passada, evitando que a rigidez da peça influencie negativamente.

  • Aderência da Sola

    A maior qualidade da peça, sem dúvidas, é a tração. O emborrachamento de dupla densidade agradou quase que unanimemente os usuários.

  • Ventilação

    A ventilação interna deixa muito a desejar. Inúmeras reclamações de ausência de circulação de na parte interna do Nike Air Zoom Terra Kiger 3.

Características

  • Cabedal

    Cabedal

    A tecnologia Flymesh é uma novidade neste modelo. Composto de tecido sintético bastante leve, as tramas fechadas da região da biqueira, no entanto, impedem uma melhor circulação de ar no interior da peça.

  • Entressola

    Entressola

    Uma combinação da tecnologia Air Zoom, com a nova incrementarão de Phylon, potencializam o novo modelo em relação ao anterior.

  • Solado

    Solado

    Com uma camada emborrachada de dupla intensidade, o solado do Nike Air Zoom Terra Kiger 3 é o principal destaque da peça.

ANÁLISE

O Nike Air Zoom Terra Kiger 3 é um tênis para trilhas de caráter neutro e chegado ao mercado no ano de 2017. Com um preço na faixa dos modelos intermediários do mercado, o terceiro modelo, num geral, agradou crítica e usuários. Isso porque as mudanças que eram necessárias no modelo anterior foram parcialmente corrigidas. Por que parcialmente? Entenda!

O drop mantido. Hoje com 4mm, ele uniformizou a passada e compensou na ausência de flexibilidade da peça. O ponto principal que fica é em relação a potencialização que uma pisada mais perpendicular ao solo tem para um tênis destinado às trilhas. Essencial para superfícies desniveladas, e fundamental no tracionamento, o drop baixo veio muito a calha.

No entanto, sua construção foi toda destinada apenas às trilhas. Sendo uma larga desvantagem em relação às linhas mais versáteis, notou-se muito que o tênis varia bastante seu desempenho segundo a superfície. Isso pode ser preocupante, visto que nem em todo o trajeto da trilha obstáculos que exijam demasiado tracionamento ou uniformidade são completamente necessários. Era preciso variar um pouco para equilibrar.

Mas o que agradou bastante também fora a inserção de uma nova tecnologia para o amortecimento. Denominada como Phylon full-length, esta tecnologia funcionou muito bem no retorno de energia ao corredor. Além do mais, também complementou a função da já conhecida tecnologia Air Zoom, que adota bolsões de ar para dissipar o impacto e assim não prejudicar as articulações.

Nosso veredicto? O novo modelo aparenta boas qualidades e interessantes aspectos. No entanto, apesar de ser um excelente par – e uma opção a ser considerada – alguns outros modelos acabam largando na frente, como o Asics Gel Venture 5, por exemplo. Um tênis que incorpora melhor custo/benefício e adaptação a diversos outros terrenos. Apesar disso, o Nike Air Zoom Terra Kiger 3 é uma opção a se considerar, sobretudo para os já acostumados usuários da marca americana.

REVIEW MODELOS ANTERIORES

Nike Air Zoom Terra Kiger 2

Mais ventilado que o seu modelo posterior, mas menos confortável que o mesmo. O Nike Air Zoom Terra Kiger 2 é uma ótima opção para quem deseja experimentar a linha Nike de tênis para trilha.

Incorporando bom acabamento, amortecimento interessante e um solado de tração adequada, o Terra Kiger 2 pode ser uma interessante opção de baixo preço para quem busca um complemento para o armário de tênis para corrida.