fabricante: Skechers

O Skechers GoRun 400 chega ao mercado substituindo o Skechers GoRun Vortex como uma ótima opção de tênis de entrada. Com um preço atraente, uma apresentação interessante e boa qualidade à primeira vista, o novo modelo Skechers chega com o intuito de ser o tênis de apresentação da marca a muitos corredores.

O design incorpora um mesh respirável, um conforto moderado e leveza de sobra. Pesando pouco nos pés e no bolso, o novo modelo da GoRun tem tudo o que um tênis de entrada precisa para agradar aos consumidores do mercado. Além disso, sua versatilidade é interessante, sendo uma opção para treinos e corridas de curta distância.

Com um molde simples e uma entressola macia é sempre possível competir no mercado. O Skechers GoRun 400 carrega ambos, mas será que agradou crítica e compradores? Confira na avaliação completa do Guia Tênis, que trouxe a experiência de usuários e especialistas no mercado de tênis para corrida.

  • Especialistas
  • Usuários
1 a 20 21 a 40 41 a 60 61 a 80 81 a 90 91 a 100

Média Geral

3 usuários: 86 / 100

2 especialistas: 84 / 100

Dê a sua nota:

prós

  • Conforto

    Um tênis de entressola robusta, bom acabamento e reforço preciso, sobretudo, na região do cabedal. Num todo, o Skechers GoRun 400 cumpre muito bem seu papel em promover conforto ao pé do corredor.

  • Leveza

    Com um baixo peso, a construção se moldou para tal. O preenchimento de espuma nada exagerado no colar e na língua, assim como a ausência de área emborrachada no solado, são exemplos de “cortes” que proporcionaram o peso final do calçado.

  • Vesátil

    Um tênis que pode ser fitness, como também usado para competição, e ainda para treinos e recuperação. Bastante versátil, ele contribui muito bem para o corredor que deseja ter um bom par confortável no armário de tênis para corrida.

  • Toe-Box Largo

    Um toe-box largo significa um bom conforto e acomodação agradável a toda e qualquer forma de pé. Evitando os apertos, um toe-box largo auxilia, em demasia, para o corredor em recuperação pós-corrida de longa distância.

  • Flexível

    Inteiramente flexível, o novo modelo Skechers não apresenta qualquer forma de clipagem, seja no contraforte, como também na biqueira.

  • Palmilha

    A palmilha contribui para a absorção do impacto, adotando uma excelente tecnologia de amortecimento que veremos com mais profundidade nos próximos tópicos.

  • Custo/benefício

    Por R$ 299 é complexo encontrar um tênis com aditivos tão interessantes, sobretudo no que tange amortecimento, conforto e maciez. O Skechers GoRun 400 carrega todos estes elementos.

  • Respirabilidade

    O cabedal apresenta tramas abertas que contribuem para uma boa ventilação interna, o que proporciona uma respirabilidade da região interna, sem qualquer apresentação de tecido sobrepondo o pé.

Contra

  • Região interna áspera

    Um dos detalhes destacados como negativos do Skechers GoRun 400 é o fato de o tecido interno ser um tanto desagradável, visto que é bastante áspero e, de certa forma, incomoda bastante o corredor que opta por uma meia de malha mais fina.

  • Durabilidade

    A ausência de uma área emborrachada no solado pode ser um fator que diminua significativamente a durabilidade do calçado.

Avaliações especialistas

Mais Positivo

Run Repeat

Via: RunRepeat

Funcionamento recreativo e destinado a treinamentos que fazem parte dos propósitos da rotina do corredor. Este tênis neutro leve é ​​destinado a manter o corredor confortável, seguro e bem amortecido ao longo de suas atividades. É um companheiro de execução confiável e com um preço atrativo.

Mais Negativo

Taísa Luna

Via: Ativo

O corredor encontrará um cabedal feito de mesh sintética e respirável, colarinho e língua acolchoados, e, na parte interna, um forro de tecido também respirável. A palmilha Goga Run visa o retorno de energia da pisada e o amortecimento dos impactos causados pela corrida. Na parte de traz do calcanhar há o Quick-fit, um furo cujo objetivo é facilitar o calce. Com a entressola 5GEN™, um aprimoramento da tecnologia Resalyte, esse modelo promete oferecer conforto e responsividade.

OUTRAS AVALIAÇÕES

  • Run Repeat

    Via: RunRepeat

    Funcionamento recreativo e destinado a treinamentos que fazem parte dos propósitos da rotina do corredor. Este tênis neutro leve é ​​destinado a manter o corredor confortável, seguro e bem amortecido ao longo de suas atividades. É um companheiro de execução confiável e com um preço atrativo.

  • Taísa Luna

    Via: Ativo

    O corredor encontrará um cabedal feito de mesh sintética e respirável, colarinho e língua acolchoados, e, na parte interna, um forro de tecido também respirável. A palmilha Goga Run visa o retorno de energia da pisada e o amortecimento dos impactos causados pela corrida. Na parte de traz do calcanhar há o Quick-fit, um furo cujo objetivo é facilitar o calce. Com a entressola 5GEN™, um aprimoramento da tecnologia Resalyte, esse modelo promete oferecer conforto e responsividade.

Atributos

  • Tecnologia

    Adotando a tecnologia 5Gen na região da entressola, o Skechers GoRun 400 já apresenta, de cara, uma região robusta que auxilia em demasia no conforto e na maciez. A palmilha é muito importante ressaltar no que tange a tecnologia Goga Run, que promove uma absorção adequada de impacto, auxiliando no trabalho da entressola e solado – este ausente de revestimento emborrachado.

  • Durabilidade

    O tênis tem uma durabilidade razoável. Isso porque, apesar dos reforços precisos com costura no cabedal, a ausência de um revestimento emborrachado na região do solado pode comprometer o tempo de resistência da peça.

  • Amortecimento

    Um amortecimento de boa qualidade, além de um impacto agradável no contato do pé com a superfície. Propiciando uma pisada de maior qualidade aos corredores que adotam o primeiro contato com o médio pé, o Sekechers GoRun 400 se mostra muito suficiente no que abrange amortecimento.

  • Flexibilidade

    O tênis é bastante flexível em toda sua extensão. Sem suportes ou clipes internos, a flexibilidade chega a impressionar os corredores.

  • Aderência da Sola

    Por haver uma ausência de emborrachamento do solado, o tênis não apresenta uma das melhores aderências de sola existentes no mercado. Bastante intermediário, a aderência chega a ser, de certa forma, medíocre.

  • Ventilação

    As tramas abertas do cabedal proporcionam boa ventilação interna e, consequentemente, uma respirabilidade adequada ao pé do corredor.

  • Material

    Adotando um cabedal de material sintético, ele não apresenta reforços de tecido. Uma entressola robusta em EVA que se estende ao solado sem emborrachamento.

Características

  • Cabedal

    Cabedal

    Em material sintético com tramas abertas que proporcionam respirabilidade e circulação constante de ar no interior da peça.

  • Entressola

    Entressola

    Robusta e adotando a tecnologia 5Gen, que proporciona bom amortecimento, conforto e impulsão às passadas.

  • Solado

    Solado

    Sem a comum área emborrachada, o solado adota pontos de contatos precisos que serão pontuais no contato entre solado e superfície.

ANÁLISE

Numa visão abrangendo o todo, é complexo encontrar críticas tão massivas para com o Skechers GoRun 400. Com um preço atraente, tecnologias atuais e boa apresentação, o calçado realmente se sobressai na sua categoria – sendo difícil de ser definida, afinal, a versatilidade do tênis é mais um adicional.

Dentre pequenos problemas encontrados no modelo, fica a questão da ausência de uma área emborrachada no solado. Apesar de ser um “leve defeito”, ele pode ser visto como uma tendência. Isso porque muitos modelos no mercado – sobretudo os fitness – têm adotado a retirada do emborrachamento para promoção de maior leveza à peça. E leveza é algo muito bem encontrado no GoRun 400.

No entanto, outro ponto incomodou em demasia aos corredores que usufruíram do Skechers GoRun 400: o tecido áspero do interior. O fato de muitos corredores utilizarem meias mais finas pode ser um desagrado em quem adotar essa experiência com este modelo Skechers. Além do tecido áspero, as costuras podem contribuir para o surgimento de bolhas e calos na região do dedão e médio pé. Portanto, a dica é sempre utilizar uma meia mais grossa – o que se permite com este modelo, que adota um toe-box bastante largo.

Portanto, apesar dos pequenos defeitos apresentados, há as correções ou justificativas que ainda auxiliam o calçado a ser um modelo interessante para os corredores que adotam tênis de entressola mais robusta, e se interessam por experimentar um modelo Skechers. As tecnologias apresentadas neste novo modelo correspondem a uma experimentação do que a empresa deseja lançar no mercado em 2017. Portanto, a atualização não é problema.

Nosso veredicto? O Skechers GoRun 400 adota qualidades e deficiências. No entanto, apesar destas falhas, ele ainda se posiciona como uma boa compra. Isso porque, com uma entressola robusta, versatilidade e respirabilidade não há como se discutir, certo? Portanto, é uma opção de compra interessante como tênis de entrada, e vale a pena ser avaliada, especialmente analisando o preço da peça.