fabricante: Salomon

O Salomon Sense Link é um tênis que foge totalmente ao radar do corredor brasileiro. Isso porque a marca apresenta poucos modelos disponibilizados nas paredes das lojas de tênis para corridas.

Entretanto, o que se vê são elementos bastante positivos neste tênis para corredores de pisada neutra. O drop extremamente baixo, e uma sola que propicia boa aderência, são as promessas do Salomon Sense Link.

Porém, será que este tênis pode ser um sucesso no mercado nacional e equiparar-se aos modelos de sucesso? Bom, leve no pé ele é, mas e no bolso compensa analisando as suas características?

  • Especialistas
  • Usuários
1 a 20 21 a 40 41 a 60 61 a 80 81 a 90 91 a 100

Média Geral

3 usuários: 76 / 100

1 especialistas: 75 / 100

Dê a sua nota:

Salomon Sense Link é bom?

Prós

  • Tração

    A borracha desenvolvida no solado propicia uma excelente tração e comodidade à pisada. A disposição em pequenos pentágonos auxilia na absorção do impacto de superfícies irregulares.

  • Língua

    A língua minimalista é um dos pontos mais interessantes. Fina, sem preenchimento e completando-se à parte interna do calçado, ela promove um caráter de meia ao usuário.

  • Conforto

    Muito cômodo e excelente à primeira experimentação. O Salomon Sense Link é um tênis devidamente acolchoado no limite. Promove conforto e leveza na mesma intensidade.

  • Peso

    Um tênis muito leve, que pouco passa dos 250g. Quase imperceptível ao calçar, ele se torna quase que como uma extensão acolchoada do pé, sem adição de peso.

  • Impermeabilidade

    A chuva não é um problema. O pé permanece seco ao passar por terrenos molhados, mantendo a passada normal, e sem sentir a adversidade que é correr com os pés encharcados.

Contras

  • Amortecimento

    O amortecimento do calçado incomodou alguns corredores. Reclamações envolvem a baixa eficiência de apenas inserir o EVA, exigindo algo que sustentasse mais as passadas, e não desequilibrasse o pé a cada contato forte com o solo. Absorção de energia é quase nula.

  • Material Cabedal

    Muito frágil e simples. Após alguns testes, o material se revelou bastante frágil. É bem verdade que em vários deles o material suportou bem. No entanto é sempre importante o adendo.

Avaliações especialistas

  • RunRepeat

    Via: Run Repeat

    À primeira vista o tênis é ótimo e muito atraente. E essa primeira impressão se segue a partir da funcionalidade. O conforto do calçado e o bom encaixe ao pé propiciam uma corrida de trilha agradável, além de um bom desempenho em corridas de performance.

Atributos

  • Tecnologia

    A tecnologia Contagrip é o maio destaque do Salomon Sense Link. Uma combinação de borrachas com especialidade para usos específicos, proporcionando uma tração adequada para trilhas mais duras e/ou superfícies pavimentadas.

  • Durabilidade

    O calçado parece deixar a desejar neste quesito. Isso porque o material utilizado no cabedal é perceptivelmente frágil. Sob várias reclamações, corredores fizeram adendos à qualidade baixa, sobretudo na região do mesh.

  • Amortecimento

    O amortecimento com uso abusivo de EVA sofreu algumas reclamações. Ao que tudo indica, o Salomon Sense Link fica abaixo das expectativas quando a avaliação é sobre a absorção do impacto, o Sense Link fica longe dos melhores do mercado.

  • Flexibilidade

    Neste ponto o calçado se destaca extremamente. Muito flexível, e bastante ajustável ao calçar. Ele abraça o pé, fixando-o e não permitindo qualquer deslocamento ou desconforto interno.

  • Aderência da Sola

    Um solado de qualidade, utilizando borracha ao longo da base. Formas de pentágono se adéquam muito bem às variáveis superfícies encontradas em uma trilha. No quesito tração, o Sense Link passa com louvor.

Características

  • Solado

    Solado

    A adoção foi por uma borracha especial que conjunta inúmeras outras borrachas. Ela se adapta muito bem a qualquer superfície, seja ela dura ou pavimentada.

  • Entressola

    Entressola

    A sola intermediária usa a espuma EVA injetada que é estendida em toda a sola intermediária. Promove pouco amortecimento e leve tensão no arco plantar.

  • Cabedal

    Cabedal

    Utiliza tecidos e materiais leves de pouca qualidade. O mesh do calçado é bastante passível de desgaste e comprometedor.

ANÁLISE

O Salomon Sense Link apresenta excelentes características para um tênis pouco conhecido. Uma novidade, digamos, para o mercado brasileiro tão focado já nas marcas viciadas. No entanto, o calçado pode ser uma excelente alternativa para quem deseja algo novo e de destaque.

Começando pelo belo design funcional e estético, temos a disposição da entressola, o drop baixo e as cores simples que dão a sina ao Sense Link. Uma combinação de cores que puxam por bastante semelhança a um Adidas, e se afasta um pouco de Mizuno e Asics – que preferem as cores mais berrantes em seus calçados.

O que mais agrada neste tênis para corredores de pisada neutra ou neutra/supinada é a língua completamente minimalista. Sem preenchimento e aderida à parte interna do tênis para dar um caráter de meia. Interessantíssima a forma que a Salomon pensou no desenvolvimento da mesma. Afinal, uma das grandes reclamações de inúmeros consumidores é o exagerado preenchimento da parte interna e da língua dos mais variados tênis de corrida. Isso se soma ao peso do calçado, deixando-o mais pesado. O que não é o caso do Sense Link.

E muito pelo contrário! Afinal, o Salomon Sense Link se mostra um tênis extremamente leve. Pesando pouco mais de 250g na versão masculina, e passando pouco dos 200g na versão feminina, este tênis é basicamente uma meia com cadarços. Extremamente leve, sem exageros que promovam sobrepeso e totalmente funcional para qualquer tipo de trilha. A aderência da sola propicia isso.

E é a tração o destaque que fecha com chave-de-ouro esta análise. As disposições em formato de pentágono na borracha auxiliam no encaixe do solado a qualquer tipo de superfície. Seja ela pavimentada, trilha rochosa ou terreira. Não importa. O tênis se comporta muito bem sob qualquer circunstância adversa, mesmo que esteja caindo uma tempestade e encharque a pista.

Entretanto nem tudo são flores, e o amortecimento do calçado é um peso na consciência de quem adquire um Sense Link. As maiores reclamações são a respeito do impacto sentido no arco plantar a cada pisada. Reclamações estas oriundas dos novatos até os mais experientes corredores de trilha. Portanto, é sempre importante atenção para o que se deseja de um tênis e quais seus objetivos.

Nosso veredicto? O tênis é ótimo, apresenta características formidáveis e a língua minimalista é realmente algo que faz extrema diferença. Entretanto, o Salomon Sense Link apresenta um amortecimento que deixa muito a desejar, e isso pode influenciar muito na qualidade das passadas do corredor. O preço agrada, mas é importante atenção aos concorrentes para uma comparação justa sob o que se deseja de um tênis para corrida.

REVIEW MODELOS ANTERIORES