fabricante: Nike

O Nike Free RN 2016 incorpora a linha de tênis intermediários da marca americana. Ideal para treinos de ritmo, provas curtas, de 5 e 10 quilômetros, como também para demais atividades físicas. Um tênis bastante versátil, de bom acabamento e apostando totalmente no minimalismo.

Por ser bastante versátil, a escolha de cores se limita a combinações bem neutras e discretas. Contudo, sua funcionalidade impressiona, tal qual foi considerados um dos melhores custos/benefícios de 2016 e continua uma boa opção de compra para 2017, principalmente para corredores iniciantes que desejam um calçado para abranger todas as suas atividades físicas e exercícios cotidianos.

O preço atraente, a entressola chamativa e o cabedal minimalista são características que expõem a alta qualidade do modelo Free RN, de 2016.

  • Especialistas
  • Usuários
1 a 20 21 a 40 41 a 60 61 a 80 81 a 90 91 a 100

Média Geral

0 usuários: 0 / 100

1 especialistas: 91 / 100

Dê a sua nota:

Nike Free RN 2016 é bom?

Prós

  • Conforto

    O principal destaque do Nike Free RN 2016 é, com certeza, o conforto proporcionado pela pisada. Suave e aconchegante, o calçado muitas vezes é escolhido como uma opção diária para uso, sendo destituído de sua função atlética e passando a integrar o cotidiano. Muitos usuários mencionam o conforto, a leveza e o ajuste como credenciais para o uso no dia a dia.

  • Versátil

    Para caminhadas, corridas, atividades físicas diversas e academia. Não é apenas um tênis para corrida; é um calçado para esportes em geral. Para quem ainda está iniciando no mundo das corridas e ainda não sabe se fará da atividade uma rotina, o Free RN 2016 é um opção para comprar, usar e não se arrepender no futuro.

  • Ventilação

    As tramas abertas do mesh agradaram bastante. A circulação de ar no interior possibilita uma agradável ventilação interna, o que possibilita pés respirando ao longo da atividade física.

  • Boa resposta

    O tênis é significativamente responsivo. O abandono a um solado muito macio e o emborrachamento do solado possibilitou que o modelo Free RN 2016 fosse uma opção interessante para corridas de curta e média distância com o intuito de bater o recorde pessoal.

  • Bom ajuste

    A amarração do calçado, assim como sua a forma, possibilitam um bom ajuste do pé. Mais larga, a forma pode facilmente ser corrigida a partir de uma amarração providencial. A ideia, aparentemente, foi entregar um calçado que agradasse os mais diferentes tipos de pés.

  • Leveza

    Pesado menos de 250g, o modelo impressiona pela leveza. Ao calçar, parece empatar com o Fila Kenya Racer, mas a balança acaba dizendo o contrário. Contudo, é o que o pé sente que conta, certo?

  • Flexível

    Inteiramente flexível, sem qualquer rigidez, até mesmo no contraforte sem clipe interno – o que desagradou muitos usuários e os fez afastar da possibilidade de adquirir o modelo.

Contras

  • Ausência de clipe no contraforte

    Pensando na segurança de suporte do calcanhar, o clipe interno realmente faltou. Não necessariamente precisaria ser rígido, mas poderia ser aderida uma pequena placa plástica que impedisse o impacto e sutis deslocamentos do calcanhar durante o trajeto.

  • Amortecimento

    Os cortes a laser com formato triangular promovem ranhuras triangulares que até apresentam uma ideia interessante de entrada de ar e absorção do impacto sem a necessidade de demais tecnologias. Contudo, o problema está nas ranhuras que prendem pedras em suas emendas atrapalhando as pisadas seguintes.

Avaliações especialistas

  • Mark Melnykowycz

    Leve, flexível e amortecido. Essas são as palavras que me vêm à mente quando penso na Free RN. O modelo é incrível! Com certeza um par que você escolhe para uma corrida rápida e pode, adicionalmente, usar na cidade em um caloroso dia de verão.

Atributos

  • Tecnologia

    - FlyWire: Bom suporte adotando fibras elásticas para melhor ajuste do pé ao calçado.

    - Nike Free: Divisões estratégicas com cortes feito a laser para promover entrada de ar e impulsão;

  • Durabilidade

    A durabilidade sofre contestações. Por um lado, muitos usuários se agradaram da resistência da prova a treinos intensos e até mesmo uso diário. Contudo, outros afirmaram que rapidamente o cabedal sofre desgaste, bem como o solado exposto sem recobrimento de emborrachamento.

  • Amortecimento

    O amortecimento agrada, apesar de ser imperceptível. Por ser um tênis com maior responsividade, o amortecimento foge da maciez habitual. No entanto, ele é suficiente para caminhadas e treinos de ritmo, por exemplo.

  • Flexibilidade

    Altamente flexível. Talvez esta seja a principal característica do modelo Free RN 2016 ao primeiro toque do futuro comprador. Em todos os sentidos, o calçado é totalmente flexível e sem qualquer rigidez ao longo de sua construção.

  • Ventilação

    A ventilação agrada com o mesh aberto e as tramas proporcionando entrada constante de ar no interior do calçado. A ventilação interna, bem como a capacidade de respiração do calçado, são uma das fortes características do Nike Free RN 2016.

  • Aderência da Sola

    O material do solado é uma continuidade da entressola, em EVA. Apensa há alguns pontos na região do solado que promovem essa característica da aderência nas extremidades. Cumpre bem o papel de proposta do tênis.

Características

  • Cabedal

    Cabedal

    Em mesh com tramas abertas, promovendo bom ajuste com a tecnologia FlyWire, além de boa capacidade de ventilação.

  • Entressola

    Entressola

    Adota a tecnologia Nike Free para proporção de impulsão pelas cápsulas de acúmulo de ar.

  • Solado

    Solado

    Extensão do EVA da etressola, porém contando com dois pontos emborrachados na região frontal e três pontos emborrachados na parte traseira.

ANÁLISE

O Nike Free RN 2016 pode ser considerado uma das melhores opções de tênis para corrida encontrados no mercado. Com um acabamento minimalista – seja no design, seja na tecnologia –, o modelo encantou usuários, sobretudo perante sua versatilidade e conforto. Contudo, a falta de suporte no calcanhar acabou afastando alguns usuários, mesmo que não tenham experimentado o modelo em sua corrida rotineira.

Percebe-se uma similaridade muito próxima ao Asics Fuzex, desde a construção até o encaixe. No entanto, o conforto do modelo Nike para uso diário acaba encantando mais aos usuários, que costumam optar pelo modelo Free RN, citado duas vezes por corredores influentes da web, em pesquisa feita pelo Guia Tênis.

A versatilidade e o conforto do Nike Free RN 2016

Podendo ser utiliza do em corridas curtas, treinos de ritmo, academia ou até no dia a dia. Um tênis de corrida moderno, que incorpora elementos para que o usuário aproveite ao máximo suas características positivas, como é o caso do conforto, por exemplo. Criando-se um tênis de alta versatilidade, tem-se uma opção para calçar durante todos os momentos do dia.

Isso porque o conforto é agradável. O ajuste do calçado ao pé se assemelha muito aos modelos Skechers. Quase imperceptível ao pé, o modelo aposta no minimalismo e no naturalismo da passada, com o intuito de proporcionar uma pisada suave e adequada ao corredor.

A ausência de suporte

Um pequeno problema diz respeito a ausência de suporte do calcanhar – adição comum da Nike ao seus modelos. O Nike Free RN ficou um pouco menos “seguro”, segundo alguns usuários, devido ao fato de o tornozelo ficar mais solto ao longo das passadas, podendo deslocar com mais facilidade do que numa situação com clipe plástico interno no contraforte, por exemplo.

Considerações finais: Sob a perspectiva do custo/benefício, utilidade e versatilidade, fica impossível não dar aval para a compra do Nike Free RN 2016. Com características pontuais que se sobressaem ao longo da passada, o modelo Nike é ideal para qualquer tipo de corredor, seja aquele que busca por um tênis para competir, treinar, ir à academia ou até mesmo apenas quem deseja um tênis confortável para utilizar no trabalho.