fabricante: Nike

O Nike Air VaporMax Flyknit ou simplesmente Nike VaporMax chamou muito a atenção durante seu lançamento em Seul, na Coréia do Sul. Além de ser um tênis com um design futurista e pensado à frente de seu tempo, o VaporMax é o primeiro da marca americana a compreender 100% da tecnologia Air em sua composição de entressola.

As cápsulas de ar seriam uma alternativa futura já pensada pela empresa para substituir o EVA. Mais leve, mais durável e mais versátil. Assim pensou a Nike no momento em que desenvolveu o Nike Air VaporMax.

Abandonando a composição com a borracha e a espuma, o novo modelo pode vir a ser uma tendência para uma nova página nos tênis de corrida, onde, pouco a pouco, a espuma e a borracha são deixadas de lado.

  • Especialistas
  • Usuários
1 a 20 21 a 40 41 a 60 61 a 80 81 a 90 91 a 100

Média Geral

0 usuários: 0 / 100

3 especialistas: 83 / 100

Dê a sua nota:

Nike Air VaporMax é bom?

Prós

  • Leveza

    Um peso bastante correto em se tratando de um tênis cujo objetivo é a versatilidade. Para academia, para treinos diários, para corridas curtas ou até maratonas. Um calçado de larga abrangência que incorpora um peso mais leve graças ao abandono da borracha e da espuma e a adoção das cápsulas de ar.

  • Durabilidade

    Contendo cápsulas de ar que possuem não só eficiência na utilização, mas também na resistência que o material possui. Além das camadas sem costura no cabedal FlyKnit que proporciona um design limpo e durável.

  • Versátil

    O VaporMax foi projetado com o intuito de abranger provas curtas e longas, bem como treinos. Sua durabilidade permite isso e seu design ainda possibilita o uso no dia a dia. Com um tênis agradável no pé, um bom dia virá após a primeira pisada na calçada.

  • Flexibilidade

    O FlyKnit junto aos cortes da tecnologia VaporMax (cápsulas de ar) proporcionam uma maleabilidade e uma mobilidade interessante de transição do calçado após a pisada. A propulsão é perceptiva ao pegar o modelo.

  • Ventilação

    A tecnologia FlyKnit apresenta tramas abertas que se expandem ao encaixar o pé no calçado, proporcionando uma respirabilidade grata à peça, como também uma circulação de ar interna que faz o uso ser agradável até mesmo em dias quentes.

  • Amortecimento

    O amortecimento se tornou uma surpresa. Para muitos corredores que experimentaram a tecnologia de cápsulas de ar em outros calçados percebiam certa rigidez à passada, algo que não fora sentido no VaporMax. Adotando 100% de cápsulas de ar, o modelo é significativamente macio, apresenta boa absorção de impacto mas sem abdicar de uma resposta adequada.

  • Boa resposta

    A pisada não é seca, mas é significativamente rápida. Sobretudo focando-se na propulsão, nota-se uma boa transição de pisada, principalmente para os corredores que adotam o médio pé e o retropé para pisarem.

Contras

  • Aperto

    Alguns usuários reclamaram de um possível aperto nas laterais ao adotar o calçado. A forma um pouco estreita pode ser um problema, apesar da expansão da tecnologia FlyKnit.

  • Sutil desconforto

    Devido ao leve aperto nas laterais, o desconforto foi percebido. Portanto, para este modelo, o ideal é a experimentação antes da compra, muito porque é um modelo novo e feito em linha.

Avaliações especialistas

Mais Positivo

Pedro Cunacia

Via: Ativo

A proposta da Nike com o modelo é simples: ao colocar o cabedal diretamente sobre a cápsula de ar, tenta oferecer mais maciez e maior a resposta de energia.

Mais Negativo

Daniela Bernardi

A convite da marca, viajei à Coreia do Sul para o lançamento do VaporMax e pude testá-lo durante uma corrida de 5 quilômetros pelas ruas de Seul. Em comparação ao Nike LunarEpic Fliknit 2, tênis com entressola de espuma, o novo modelo pareceu ter um amortecimento mais estável (o pé não afunda com a pisada).

OUTRAS AVALIAÇÕES

  • Pedro Cunacia

    Via: Ativo

    A proposta da Nike com o modelo é simples: ao colocar o cabedal diretamente sobre a cápsula de ar, tenta oferecer mais maciez e maior a resposta de energia.

  • WEARTESTERS

    Algo que achei definitivamente interessante foi a construção de solado, que dá sequência a entressola em cápsulas, mas adota pequenas inserções de borracha em "regiões críticas". Ideal!

  • Daniela Bernardi

    A convite da marca, viajei à Coreia do Sul para o lançamento do VaporMax e pude testá-lo durante uma corrida de 5 quilômetros pelas ruas de Seul. Em comparação ao Nike LunarEpic Fliknit 2, tênis com entressola de espuma, o novo modelo pareceu ter um amortecimento mais estável (o pé não afunda com a pisada).

Atributos

  • Tecnologia

    - FlyKnit: tecido com bom suporte e promotor de flexibilidade ao corredor.

    - FlyWire: cabos de suporte mais discretos na lateral do calçado.

    - VaporMax: cápsulas de ar localizadas na região da entressola para promoção de amortecimento e absorção de impacto.

  • Durabilidade

    A inserção da tecnologia VaporMax possibilitou uma maior resistência da entressola. A substituição da espuma fez com que o desgaste fosse menor, aumentando, consequentemente, a durabilidade do calçado.

  • Amortecimento

    Alguns modelos Nike receberam inserção de cápsulas de ar em suas composições de entressola. Contudo, o Nike VaporMax é o primeiro 100% em cápsulas de ar. A surpresa foi de uma pisada suave e de boa transição, e não de uma aterrissagem seca e de pouco impacto. Impressionou.

  • Flexibilidade

    É flexível na região do médiopé até o antepé. De resto, a normalidade da firmeza que um contraforte exige, bem como as laterais para evitar a pronação ao longo do trajeto.

  • Ventilação

    A tecnologia FlyKnit se expande no momento em que o pé é calçado junto ao tênis. A ventilação, assim, se sobressai e a circulação de ar pode ser percebida.

  • Aderência da Sola

    Boa aderência de solado no asfalto, contudo peca um pouco em superfícies molhadas, segundo indícios dos pequenos testes de especialistas.

Características

  • Cabedal

    Cabedal

    Adotando a tecnologia FlyKnit, o cabedal incorpora um excelente abraço ao pé mantendo uma grata respirabilidade.

  • Entressola

    Entressola

    Com cápsulas de ar inseridas em 100% da região, a entressola se torna absorvente de impactos, e eficiente na propulsão para boa resposta.

  • Solado

    Solado

    Pequenos pontos emborrachados permitem uma agradável aderência ao asfalto, mas ainda peca em superfícies molhadas.

ANÁLISE

O Nike VaporMax realmente impressionou pela inovação ao inserir 100% da entressola com cápsulas de ar, sem combinação com espuma de EVA. O tênis ficou mais leve, economizou-se no emborrachamento, a flexibilidade potencializou e o funcionamento do calçado permaneceu adequado, tornando-se uma peça versátil para corridas de tiro curto, bem como para maratonas.

Inovação VaporMax

O conceito do Nike VaporMax é, evidentemente, a tecnologia que dá nome ao calçado. Uma entressola composta 100% em cápsulas de ar agradou em demasia quem experimentou. A agradável transição de passada possibilitada pela flexibilidade da parte frontal propicia uma resposta adequada, uma propulsão adequada e uma eficiente corrida para as mais variadas distâncias.

Além da tecnologia em cápsulas da entressola, o conjunto da peça é bastante interessante. Isso porque o cabedal de ótima respirabilidade e conforto propiciam um calçar confortável que agrada ao primeiro encaixe. Assim como o solado que compreende apenas algumas pequenas regiões com emborrachamento, mantendo leveza e permanecendo uma tração adequada no asfalto seco.

Pequeno aperto é um empecilho?

Varia muito segundo a forma do pé, portanto é recomendável saber exatamente a largura do pé e como ele se encaixará no tênis. Pode não ser um problema, mas caso haja um desconhecimento da largura do calçado ou do próprio pé, pode-se ter um sutil desconforto sentido devido as laterais serem realmente estreitas.

Nosso veredicto? Apesar do salgado preço de R$ 999 pedidos, a Nike traz uma inovação. Algo ainda não visto no mercado que, se correr da forma que promete, pode, sim, valer o alto investimento. Por meio da durabilidade, tem-se um tênis que será um companheiro de longos trajetos.