fabricante: Saucony

O Saucony Ride 9 é um tênis de categoria intermediária, que abrange um conceito bastante versátil para os corredores que desejam um tênis para treinos diários ou corridas de média ou longa distância. Sendo assim, um modelo que incorpora uma entressola amortecida por meio de uma construção reforçada.

Com detalhes que diferenciam um pouco para o Saucony Ride 8, o novo modelo aposta numa melhora da flexibilidade e promoção de um conforto sobressalente, a partir do que propõe a empresa com este novo modelo. Ideal para treinos, ele pode ser o tênis ideal para quem deseja treinar a passada, ritmo e respiração.

Uma marca que ainda é nova para muitos corredores brasileiros, mas que encanta bastante no estrangeiro. O Saucony Ride 9 tem tudo para ser um tênis de alta competitividade no mercado, basta agradar os exigentes pés dos corredores brasileiros.

  • Especialistas
  • Usuários
1 a 20 21 a 40 41 a 60 61 a 80 81 a 90 91 a 100

Média Geral

0 usuários: 0 / 100

2 especialistas: 89 / 100

Dê a sua nota:

Saucony Ride 9 é bom?

Prós

  • Conforto

    Há uma boa sensação ao calçar o modelo. Na região interna, o tecido é bem sustentável, agradável e macio. Além disso, o trabalho da entressola de dupla densidade possibilita uma grata passada, sendo não apenas eficiente como também confortável.

  • Amortecimento

    Trabalhando com duas densidades em materiais completamente diferentes, mas que se complementam brilhantemente. Oferecendo uma excelente absorção de impacto, alto retorno de energia e segurança na aterrissagem.

  • Construção

    Uma boa estrutura, totalmente firme e amplamente segura. Sobretudo na região do cabedal, nota-se uma preocupação em oferecer um calçado de suporte eficiente, sem abrir mão do ajuste de compressão interno.

  • Flexível

    Diferentemente do modelo anterior, o Ride 9 oferece uma excelente flexibilidade. Maior ainda do que realmente é, se pensarmos pelo fato de ser um tênis de categoria intermediária. Quando evolui-se no detalhe, há sempre a aprovação.

  • Tração

    Outro ponto que melhorou muito foi a tração. Com o desenvolvimento de um novo solado, a tração que já era agradável melhorou muito. Ponto altamente positivo, principalmente se atentar ao excelente grip incrementado ao calçado.

  • Durabilidade

    A aposta em um modelo bem construído não refletiu apenas no suporte. Fora notada uma melhora na durabilidade do calçado, que agora suporta facilmente os mil quilômetros. Sendo, assim, um companheiro para longa data de treinos e provas.

  • Ventilação

    Apesar de não ser das melhores, há uma ventilação sentida. Poderia ser maior, mas a construção mais rudimentar (no entanto, resistente) do cabedal impede que a entrada de ar seja tão abrupta quanto se exige. Contudo, é suficiente para aprovação.

Contras

  • Calcanhar

    Se há evolução por um lado, há retrocesso em outro. Em um tênis de corrida, 1mm faz toda a diferença. No caso do Saucony Ride 9, o 1mm a mais na região do calcanhar já fez total diferença na sensação do arco plantar – que já era bastante sentido no Ride 8. Mais alto, ele aumentou a inclinação, o que desagradou os amantes de um tênis mais baixo.

Avaliações especialistas

Mais Positivo

Thomas Neubauer

Revisei o Kinvara 7, o ISO Triumph e o Ride 9 é melhor do que os dois. Se você precisa de um tênis para suas provas e que você pode usar para todos os seus exercícios, eu recomendaria o Ride 9.

Mais Negativo

Sam Winebaum

É versátil, com um design e materiais que equilibram brilhantemente o peso, a almofada, a flexibilidade, a estabilidade e a capacidade de resposta. Cerca de 9 onças são muito sapato para o peso.

Atributos

  • Tecnologia

    XT-900: Borracha injetada na região do calcanhar com o intuito de oferecer uma maior qualidade nas aterrissagens e durabilidade.

    - iBR+: Borracha inserida na região do médio pé e ante pé com o objetivo de proporcionar maior tração.

    - Everun: material em TPU localizado na entressola com a função clara de uma resposta rápida e incrível durabilidade.

  • Durabilidade

    Em relação ao Saucony 8, o nono modelo chega com uma construção muito mais respeitável e durável, apostando forte em um tênis resistente e volátil. A escolha dos materiais também foi um fator determinante na alta resistência proporcionada pela peça.

  • Amortecimento

    Adotando a tecnologia Everun, o Saucony 9 agradou muito aos usuários que preferem a aterrissagem com o calcanhar para uma pisada mais cadenciada, bem como aqueles que se agradam de uma pisada com o ante pé para uma resposta mais rápida.

  • Flexibilidade

    Evolução percebida em relação ao seu antecessor: a flexibilidade da peça. Maleável e de boa capacidade para flexão, a Saucony realmente conseguiu notar um ponto negativo no modelo passado e transformá-lo em positivo na atual versão.

  • Ventilação

    O modelo apresenta uma ventilação agradável, proporcionada por um material de tramas abertas que permite a circulação de ar no interior da peça.

  • Aderência da Sola

    As duas borrachas de ingestão são de boa qualidade. Sobretudo a iBR+ oferece uma tração adequada para uma aterrissagem eficiente e transição sutil e segura.

  • Material

    - FlexFilm: tecido com sobreposição fina que proporciona bom suporte, ventilação agradável e segurança ao corredor.

Características

  • Cabedal

    Cabedal

    Um tecido que proporciona agradável entrada de ar, um bom suporte e não abre mão de um colar e cadarços que potencializam todo um bom serviço proporcionado pelo tênis ao pé do corredor.

  • Entressola

    Entressola

    A tecnologia Everun serve como um importante alicerce na proporção de uma aterrissagem eficiente, transição adequada e propulsão para as passadas seguintes. Macio, sem abrir mão da responsividade.

  • Solado

    Solado

    O mix de duas borrachas diferentes funcionou com maestria. Um solado que apresenta aderência, eficiência e suporte na resposta.

ANÁLISE

O Saucony Ride 9 incorpora características pontuais que um bom tênis intermediário deve possuir para se destacar no mercado. A seleção de materiais, a boa resposta durante os treinos e as corridas, junto aos altos pontos positivos, fizeram do modelo uma grande opção dentro do mercado.

O drop de 8mm, a flexibilidade e o peso agradaram em demasia, apesar de a altura do calcanhar ter tirado uma nota 10 do modelo que é mais um sucesso da Saucony.

A evolução apresentada pelo Saucony Ride 9

São demasiados os pontos em que o Ride 9 proporciona uma cara nova à linha. Em relação ao modelo anterior, aspectos pontuais foram alterados, o que proporcionou uma melhora significativa no desempenho do calçado. O que nota-se a partir disso é a atenção dada pela Saucony às críticas promovidas pelos usuários, que ficaram um pouco desapontados com o modelo antecessor.

Num contexto, tanto a flexibilidade, como o drop e a durabilidade foram potencializados. Um tênis mais maleável que não abre mão da resistência, um drop de altura adequada para um tênis intermediário e uma durabilidade alta oferecida por uma escolha minuciosa de materiais a compor o calçado.

A altura que incomoda um pouco

O que faltou para uma Nota 10, sem dúvidas, foi uma maior atenção a altura do calcanhar. Contando com 27mm, o modelo aumentou 1mm em relação ao passado, o que desagradou os corredores, que sempre esperam diminuição nos milímetros – ou apenas a manutenção –, contudo jamais um aumento.

Considerações finais

Apesar da altura, seria impossível não considerar a compra do Saucony Ride 9. Um modelo de alta capacidade, bom suporte e adequado para treinos e provas. Quase completo, com a cara que um tênis de qualidade necessita. Um modelo para se ter atenção e com um preço bastante atraente, tendo em vista o custo/benefício.