fabricante: Reebok

O Reebok Harmony Racer é mais uma grata surpresa da Reebok no mercado de running. O bom acabamento e a leveza se destacam num belo design. Bastante versátil, esse tênis, além de ser ideal para corridas longas, pode ser uma interessante adoção para os amantes de academia, sobretudo o Cross Fit, por exemplo.

A leveza dita este modelo que, com menos de 200g, chega para competir fortemente com o Nike Zoom Streak LT 3 e o Fila Kenya Racer 3. O peso impressiona, mas não fica só por aí. Visto que apresenta uma forma diferente à primeira vista, este novo modelo Reebok acaba chamando a atenção pela construção visando um cômodo calçar para qualquer tipo de pé, seja neutro ou supinado (apesar de ser um tênis de característica neutra).

De interessante combinação de tecnologias, a Reebok apresenta, assim, um modelo para “incomodar” o mercado de corrida rápida.

  • Especialistas
  • Usuários
1 a 20 21 a 40 41 a 60 61 a 80 81 a 90 91 a 100

Média Geral

1 usuários: 85 / 100

1 especialistas: 81 / 100

Dê a sua nota:

prós

  • Leveza

    Pesando menos de 200g, o Reebok Harmony Racer é o tênis de corrida ideal para quem deseja quebrar o recorde em dias de competição. Os poucos preenchimentos de espuma, a língua fina, a entressola sutil e a escolha pelo tecido do cabedal promoveram um tênis leve e gracioso.

  • Conforto

    Há conforto no calçado, apesar de, à primeira vista, parecer impossível que exista. A forração interna e uma pisada gradual com aterrissagem do médio pé tornam a atividade agradável, sem sobrecarga nos tornozelos, panturrilha ou arco plantar.

  • Sem costuras

    Um grande ponto positivo do tênis de competição da Reebok. A ausência de costuras chama a atenção de qualquer apaixonado por corrida. Com a gradual eliminação das linhas como reforço, o emborrachamento passa, assim, a ditar essa proteção ao cabedal. É o que se vê no Rebook Harony Racer.

  • Firmeza no calcanhar

    Um tênis de competição precisa estar firme no pé, sem espaços ou qualquer tipo de folga. A firmeza promovida por um sétimo furo, como extra, dá a característica de um tênis que abraça o pé como se fosse uma segunda pele. Essencial para quem deseja quebrar recordes.

  • Responsivo

    Um tênis com ausência de amortecimento só poderia ter a responsividade como característica. A pisada seca não é agradável, mas a resposta rápida acaba por valer muito a pena.

  • Clipagem

    Completamente flexível, o tênis não apresenta qualquer clipagem interna que dificulte movimentos mais bruscos de ajustes do pé durante a prova.

  • Impulsão

    Na região do solado, a Reebok adota o que chamam de PowerPad. Um ponto côncavo localizado na parte frontal (região chamada de “coração do pé”), onde uma impulsão seria supostamente proporcionada por essa pequena inserção.

Contra

  • Pouca tração

    O tênis apresenta pouca área emborrachada. Pontuais, as regiões que não são compreendidas com borracha são o próprio EVA da entressola.

  • Forma estreita

    A forma do calçado é significativamente estreita. Para tal, a ideia é sempre comprar um modelo um pouco maior do que o usual no dia a dia de treinos.

Avaliações especialistas

  • Road Running Review

    Para poder abordar os nossos objetivos na corrida, este modelo Reebok apresenta um cabedal realmente fino, sem sobreposição e nenhuma costura. Acreditamos que dá uma excelente sensação de respirabilidade e firmeza ao pé. Vemos estas boas características se sobressaindo, principalmente, em corredores rápidos e triatletas.

Atributos

  • Tecnologia

    - 3D LiteStrike: EVA de única de densidade que apresenta intuito apenas de proteger a região do médio pé do contato direto e brusco com a superfície.

    - SpeedTrac: Tecnologia de emborrachamento adotada especialmente no calcanhar para promoção de tração e resistência.

  • Durabilidade

    Com reforços precisos de borracha na região da biqueira e contraforte, bem como um revestimento emborrachado na região do solado, o Reebok Harmony Racer pode ser definido como um tênis de bastante resistência, apesar de não ser uma grande característica dentre os tênis de competição.

  • Amortecimento

    Nulo. Com o intuito de eliminar um maior tempo de resposta exigente no contato do calçado com a superfície, o tênis aposta na responsividade e exclui a absorção de impacto.

  • Flexibilidade

    Flexível ao longo de toda a peça, o Reebok Harmony Racer é significativamente superior ao Nike Zoom Streak LT 3 neste quesito, por exemplo.

  • Ventilação

    Tramas abertas que possibilitam uma ventilação adequada. A sobreposição de um tecido sob a cobertura do cabedal afeta negativamente na respirabilidade em relação aos concorrentes, mas nada que deixe o Harmony Racer como um tênis abafado.

  • Aderência da Sola

    Baixa. Há pouquíssima aderência, e a ausência é exatamente uma ideia para que o tênis não permaneça em contato com o chão por muito tempo.

Características

  • Cabedal

    Cabedal

    Em material sintético, de boa respirabilidade e forma pequena. Um tênis que abraça o pé e se torna uma segunda pele para o corredor. Quase imperceptível ao calçar.

  • Entressola

    Entressola

    Uma entressola praticamente nula no quesito amortecimento, mas importante para dar uma sensação de conforto e boa aterrissagem do médio pé, sem que haja uma carga sobre o arco plantar, principalmente.

  • Solado

    Solado

    Pouca área emborrachada, mas com um destaque para a região côncava denominada PowerPad, que proporciona excelente impulsão para as consequentes passadas do usuário.

ANÁLISE

O Reebok Harmony Racer comporta a linha running e de competição produzida pela marca americana. Com menos de 200g, o calçado se pauta nas corridas de cinco quilômetros, dez quilômetros e até mesmo meia maratonas. Voltado para os usuários que desejam bater os próprios recordes, o Reebok Harmony Racer se insere em um mercado ainda escasso de opções, mas com uma concorrência pesada.

Mais velocidade e menos contato

A responsividade do calçado impressiona. Aliando a firmeza de uma peça que apresenta sete furos para o cadarço, amortecimento nulo na absorção de impacto e baixa tração, o calçado tem tudo para ser um parceiro na hora de quebrar recordes. A boa composição do calçado, assim, é um grande destaque, chegando forte para competir com Fila e Nike em seus modelos pluma.

Outro bom agrado do calçado no que tange a responsividade está a impulsão proporcionada pela tecnologia PowerPad. A localização no chamado “coração do pé” possibilita excelente impulsão para o corredor. A cada passada, uma saída rápida do chão e, de sobra, uma impulsão. Grata vantagem em relação a concorrência.

Menos é mais e a Reebok soube disso

A Reebok não apresentou qualquer ponto negativo neste modelo. Apesar da forma estreita – comum nos tênis de competição – e a baixa tração, o tênis é, propositalmente, formulado para compor estes elementos (ou a ausência deles). Por esse motivo, apesar de serem aspectos contras, de negativo não há nada. Apenas um mero detalhe que pode desagradar um ou outro usuário.

Nosso veredicto? Tênis bom. Intermediário para cima, competindo de igual para igual com os concorrentes diretos. O Reebok Harmony Racer é uma boa opção dentre os tênis de competição abaixo dos 200g. Contudo, é necessário avaliar as necessidades, bem como as características. Afinal, cada um possui suas peculiaridades na mesma faixa de qualidade.