fabricante: Adidas

O Adidas Supernova é a incrementação de uma nova linha da marca alemã que aposenta de vez as linhas Supernova Sequence e Supernova Glide. Enquanto um prezava por maior estabilidade, o outro era destinado a uma pisada mais neutra.

Contudo, a ideia da Adidas foi pegar um pouco de cada, inovar em alguns detalhes e assim criar um modelo novo, sobretudo destinado aos corredores que nunca haviam corrido com Glide ou Sequence. O resultado, em princípio, pareceu deveras positivo, e o tênis foi um grande sucesso entre os corredores que ainda não experimentavam as duas linhas aposentadas.

Com uma camada generosa de Boost na entressola, o modelo acopla uma categoria que abrange o intermediário e o amortecimento. Robusto na região, ele é um calçado ideal para os corredores de pisada neutra que costumam aterrissar com o calcanhar.

  • Especialistas
  • Usuários
1 a 20 21 a 40 41 a 60 61 a 80 81 a 90 91 a 100

Média Geral

0 usuários: 0 / 100

3 especialistas: 83 / 100

Dê a sua nota:

Adidas Supernova é bom?

Prós

  • Durabilidade

    Muito estruturado (o que influenciou no peso), o Supernova se mostra bastante durável e resistente. Não apresentando sinais de desgaste em testes realizados, o modelo se mostrou eficiente e com qualidade de material impecável.

  • Conforto

    Um tênis Adidas sempre preza pelo conforto. Tanto no interior ao primeiro encaixe do pé, como também na região externa com uma entressola robusta que absorve primordialmente os impactos para então realizar a transição de passada.

  • Amortecimento

    Uma entressola robusta quase que 100% composta de Boost. Macia e de alta qualidade, é um modelo ideal para treinamentos diários, principalmente pelo fato de a entressola e o solado trabalharem juntos ao longo do exercício.

  • Estrutura de Cabedal

    Em especial, a estrutura de cabedal chama a atenção, principalmente pelo mesh de alta qualidade inserido. Um tecido de ventilação agradável, reforço pontual e ilhoses contando com bom suporte para um ajuste de qualidade.

  • Design

    O tênis agradou muito na estética. Uma entressola robusta, cores discretas e pronto. Faça-se um tênis simples, sem cores gritas, e o gosto popular acaba por se deleitar com uma bela peça que preza pela eficiência transparecida na discrição.

  • Tração

    O solado emborrachado funciona com eficiência e qualidade. Promovendo uma passada segura, ele trabalha constantemente com a entressola robusta para absorver o impacto enfrentado ao longo da atividade.

Contras

  • Alto

    Um calcanhar de 32mm culminando num drop de 10mm. O tempo passa e a Adidas não muda o conservadorismo de um drop alto. Talvez reduzindo para uns 8mm ou 6mm satisfizesse mais um público que, atualmente – e majoritariamente –, busca drops mais baixos.

  • Peso

    Assim como o drop alto apresentado, um tênis acima de 300g já é exagero do passado. Um tênis extremamente pesado que até compensa na qualidade de sua entressola, conforto e durabilidade. Contudo, mais de 300g é sempre um risco.

  • Forma estreita

    O Supernova apresenta uma forma um tanto estreita, sendo necessária uma amarração diferente que permita um pouco a mais de liberdade para os dedos.

  • Custo/benefício

    Os valores acima de R$ 500 se justificam pouco. Apesar de ser um modelo que externa qualidade, o preço ainda está um pouco alto em comparação a modelos similares no mercado.

Avaliações especialistas

Mais Positivo

Gustavo Maia

É um calçado voltado para quem está acima do peso, quem é neutro/supinador e que necessita de um tênis com alto conforto e excelente capacidade de ajuste. Não é para corrida rápida, mas sim para alcançar objetivos.

Mais Negativo

Kristin Lassen

Este tênis vai atrair aqueles que desejam conforto sobressalente e uma sensação de calçado mais tradicional sem um calcanhar excessivamente preso, e que desejam um ajuste que é totalmente seguro.

OUTRAS AVALIAÇÕES

  • Sérgio Rocha

    Com 320g, esse tênis é extremamente pesado. Um tênis para fazer levantamento de força com as pernas.

Atributos

  • Tecnologia

    - StrechtWeb: tecnologia inserida na entressola com design para distribuição do impacto ao longo da passada.

    - Boost: composto de EVA com TPU já clássico da Adidas, responsável por promover maciez e propulsão, segundo a empresa.

    - Torsion System: estrutura que promove direcionamento à passada para manter a estabilidade.

  • Durabilidade

    A qualidade do material é a resposta para a alta durabilidade do calçado. Com ótima proposta no que tange o material utilizado, a marca aposta numa nova retomada do Glide e do Sequence sendo combinados para culminar no novo Supernova.

  • Amortecimento

    Presente e eficiente. A tecnologia Boost oferece uma passada com bom retorno de energia, maciez na pisada e qualidade para a sequência do exercício. No amortecimento, a Adidas sempre busca destaque – e geralmente consegue.

  • Flexibilidade

    Baixa, mas existente. Na parte frontal nota-e uma flexibilidade até interessante, dada a quantidade de entressola. As ranhuras da tecnologia StrechtWeb auxiliam nesta flexibilidade existente.

  • Ventilação

    Nada que seja de destaque, mas presente. É possível sentir uma boa circulação de ar através do mesh utilizado, apesar das tramas um tanto fechadas. A respirabilidade existe, mas precisa fazer força para senti-la.

  • Aderência da Sola

    Graças à borracha Continental, a tração da peça se torna um destaque. Desde que a Adidas fez a adoção por esse tipo de emborrachamento, tem constantemente ficado entre as favoritas dos usuários que exigem maior tração do calçado utilizado.

  • Material

    - Continental: borracha utilizada para recobrir o solado.

    - Engeneered Mesh: material sintético que propõe ótimo acabamento e ventilação agradável.

Características

  • Cabedal

    Cabedal

    Em material sintético denominado pela empresa de Engeneered Mesh, este propõe uma ótima estrutura de cabedal, durável e com ventilação no interior da peça.

  • Entressola

    Entressola

    Macia e de qualidade. A tecnologia Boost permite que o pé se guie através do sistema Torsion, inserido no interior do EVA.

  • Solado

    Solado

    As ranhuras são denominadas como StrachtWeb, que combinadas à borracha Continental promovem uma tração adequada para o usuário.

ANÁLISE

O Adidas Supernova é a mais nova edição da Adidas, que aposenta as linhas Glide e Sequence, criando um modelo que encantou em certos pontos, mas decepcionou em outros. O bom acabamento, o suporte e o amortecimento sobram em termos de qualidade. Já o peso, o drop e a forma realmente deixaram a desejar. Um modelo que tinha tudo para marcar, acabou errando no básico, prejudicando ainda mais com a ação de um preço alto.

Adidas Supernova: da estrutura de cabedal ao bom solado

Ponto a ponto da estrutura o modelo realmente não deixa a desejar. Contudo, quando se analisa o micro do tênis, ele acaba realmente desapontando os fãs das linhas aposentadas. Ultrapassando no peso e no drop e economizando na largura da forma. Infelizmente o Supernova não agradou aos corredores que esperavam a liberdade nos dedos de um Sequence ou ainda o drop de 8mm do Glide.

Percebendo um cabedal de boa estrutura e suporte, uma entressola robusta e macia, além de um solado durável e de alta tração, nota-se, evidentemente, um calçado de qualidade. Contudo, este é um olhar mais macro do que compõe a peça, indo mais além, sobretudo, para o peso, forma e o drop.

Considerações finais

Difícil avaliação. Pois, ao fim de várias análises de especialistas e usuários, percebe-se um gosto pela maciez do amortecimento que compensa no drop. O conforto interno que acaba compensando a forma. A durabilidade que acaba por compensar o peso. Contudo, os R$ 599 são um pouco salgados pare este tênis. Sendo, portanto, um tênis abaixo dos demais existentes do mercado, deixando saudades dos recentes aposentados.