fabricante: Adidas

O Adidas Vengeful apresenta, a primeira vista, uma diferença destacável no design para um tênis de corrida. Trabalhando um pouco para aliar design para atletas e pessoas que utilizam para rodagem, o Adidas Vengeful se mostra um tênis muito bonito. Mas será que essa beleza é transponível no que tange desempenho?

Predominantemente vendido nas cores escuras, o modelo Vengeful compõe diversas tecnologias utilizadas em inúmeros modelos da marca. Entretanto, ele se destaca mais que os outros quanto o assunto é estético.

Porém, quando pensamos na sua utilização, é necessário comentar e aprofundar um pouco mais a funcionalidade deste Adidas. Voltado para corridas, ele promete alto desempenho em provas e treinos diários. Mas será que ele cumpre todas estas promessas propostas pela marca?

  • Especialistas
  • Usuários
1 a 20 21 a 40 41 a 60 61 a 80 81 a 90 91 a 100

Média Geral

3 usuários: 92 / 100

4 especialistas: 89 / 100

Dê a sua nota:

Adidas Vengeful é bom?

Prós

  • Estabilidade

    Talvez um dos pontos mais favoráveis do Adidas Vengeful seja a estabilidade proporcionada pelo calçado. Não se percebe qualquer alteração em cada pisada.

  • Design

    No quesito estético, provavelmente seja difícil bater de frente com este modelo Adidas. Indo na contramão dos coloridos, o Vengeful aposta em um design estético minimalista e padronizado em tons mais escuros.

  • Versatilidade

    Para treinos, provas, corridas de curta e média distância, além de ser excelente para rodagem. É um tênis que pode ser utilizado em inúmeras situações.

  • Ausência de costuras

    As costuras costumam provocar bolhas e calos nos pés. A Adidas buscou corrigir este problema neste modelo, acabando com as costuras no cabedal, promovendo mais conforto neste ponto.

  • Entressola

    A entressola será dissecada com mais profundidade logo mais. Mas, desde já, é importante ressaltá-la nos itens Prós. Afinal, sua maciez impressiona, e muito.

Contras

  • Peso

    O Vengeful é um pouco pesado, se comparado com os modelos atuais. Apesar do leve tecido utilizado no cabedal sem preenchimento de espuma, o tênis segue deveras pesado.

  • Corridas longas

    Ele pode dificultar bastante longos trajetos. Por isso este modelo não é o favorito daqueles que optam por corridas superiores a 10 quilômetros, por exemplo.

  • Tração

    Definitivamente é quase inexistente. O material utilizado no solado é um tanto escorregadio. Enquanto a entressola se sobressai, o solado deixa um pouco a desejar.

  • Custo-benefício

    Por se tratar de um tênis voltado para a performance, obviamente ele teria um preço levemente salgado. O valor é um pouco acima, se for comparado diretamente com seus concorrentes diretos da Asics ou Mizuno.

Avaliações especialistas

Mais Positivo

Kristin Lassen

Eu me agradei muito do Vengeful (inclusive do nome) para treinamentos e corridas mais curtas e mais rápidas. Este tênis condiz com as necessidades que procuro em um tênis de corrida neutro, do jeito que deve ser: oferece bom material e pouca estabilidade sem alterar a posição do pé internamente.

Mais Negativo

RunRepeat

Via: RunRepeat

Uma malha que é preenchida com inúmeros buracos garante uma corrida muito respirável. A malha é parte da construção superior sem costura que é certo para limitar as chances de bolhas dolorosas ou mesmo pontos quentes.

OUTRAS AVALIAÇÕES

  • Kristin Lassen

    Eu me agradei muito do Vengeful (inclusive do nome) para treinamentos e corridas mais curtas e mais rápidas. Este tênis condiz com as necessidades que procuro em um tênis de corrida neutro, do jeito que deve ser: oferece bom material e pouca estabilidade sem alterar a posição do pé internamente.

  • Running Village

    É extremamente sensível e estável, sendo ideal para treinos e corridas. A Adidas recentemente expandiu o seu jogo quando se trata de design de calçados, e certamente não há como negar que o Adidas Vengeful é um doce à primeira vista.

  • Running Shoes Guru

    O Adidas Vengeful é um tênis neutro estreante na cena de corridas, e oferece uma qualidade e conforto de nível Adidas com a espuma de reforço na sola intermédia. Eu acho que é um excelente tênis para corridas de 10 km para baixo, apesar do peso. Ele faz senti um tanto leve, e eu absolutamente amo a espuma de reforço na sola intermédia.

  • RunRepeat

    Via: RunRepeat

    Uma malha que é preenchida com inúmeros buracos garante uma corrida muito respirável. A malha é parte da construção superior sem costura que é certo para limitar as chances de bolhas dolorosas ou mesmo pontos quentes.

Atributos

  • Tecnologia

    Dois pontos se destacam no que tange tecnologia do Adidas Vengeful: Boost e StableFrame. O primeiro promove um amortecimento confortável, retorno de energia e promoção de melhor desempenho em corridas de tiro curto. Enquanto que StableFrame é utilizado na entressola para promover a estabilidade necessária para garantir uma pisada neutra e não pronada.

  • Durabilidade

    Diríamos que é bastante medíocre, tratando-se de um tênis com o valor de mercado proposto. Isso porque, se cogitar corridas de longa distância, o cabedal deixa muito a desejar. Apesar do tecido fino promover ventilação, ele é bastante frágil, fazendo com que a durabilidade seja abaixo do esperado.

  • Amortecimento

    Consideravelmente estável e potencializado pela tecnologia Boost, o tênis oferece um definitivo conforto a cada pisada. Pouco impacto e muita eficiência. No quesito amortecimento, o Adidas Vengeful não deixa a desejar.

  • Flexibilidade

    Flexível até demais. Devido à composição do cabedal, muitas vezes percebe-se uma falta de estrutura no material do mesmo. A linha é tênue entre a flexibilidade e a falta de estrutura. Aparentemente o Adidas Vengeful fica com a segunda opção.

  • Aderência da Sola

    No que compreende a aderência do solado, o Vengeful usa borracha de carbono resistente no calcanhar e outras áreas, enquanto blown rubber (borracha soprada, no português literal) cobre o resto do caminho para tração adicional.

Características

  • Solado

    Solado

    O solado é construído em borracha com a ideia de promover adesão ao solo e aderência às arrancadas.

  • Entressola

    Entressola

    É aplicada a tecnologia Boost que garante excelente amortecimento. Além disso, utiliza-se a tecnologia StableFrame, que auxilia o corredor a manter a estabilidade da planta do pé.

  • Cabedal

    Cabedal

    O cabedal foi produzido em tecido sintético elástico, com o intuito de garantir maior ventilação e ajuste perfeito aos pés na primeira calçada.

ANÁLISE

O Adidas Vengeful possui diversos aspectos positivos de um tênis para corrida, como também inúmeros aspectos negativos. Ele, num todo, é uma incógnita, se for cogitado o quesito desempenho. Isso porque o tênis atrai no seu chamativo aspecto estético, mas apesar disso, possui alguns específicos pontos que podem incomodar o usuário.

Como o tecido do cabedal, por exemplo. A fragilidade do material é tanta, que pouca espuma, na realidade, preenche o interior do calçado. Não há proteção, costura e sequer reforço para exigências do mesmo. Apesar de ser algo positivo do ponto de vista das bolhas e calos, a durabilidade da peça acaba deixando a desejar.

Entretanto, algo bastante destacável neste novo modelo da Adidas é a estabilidade do calçado. Se em muitas peças da marca fora percebida leves discrepâncias no solado interno que permitiam um deslize da sola, e sobrecarregava a planta do pé e a região frontal do mesmo. O Vengeful preza para que isso não ocorra, o pé permaneça estável, e não escorregue no interior do tênis.

Apesar de o tênis não ser o ideal para corridas longas, ele é ótimo tanto para rodagem diária, como também para corridas de curta e até mesmo média distância. Sendo também bom para academias, trilhas e exercícios em contato com a rua. Mesmo que seu peso seja um pouco desagradável, não se percebe um grande impacto deste quesito enquanto se usufrui deste novo modelo Adidas.

Um ponto que fica muito aquém das expectativas é a tração do tênis. Por se tratar de uma peça focada na performance, decepciona-se um pouco com o material utilizado no solado, que basicamente aposta em uma tecnologia de blown rupper (borracha soprada, no português), com uma combinação de borracha simples em outras regiões. A aposta não foi muito certeira, mas pode ser trabalhada num possível modelo futuro da linha.

Por essa característica de tração, e outras, o Adidas Vengeful fica um pouco aquém do seu preço, sendo um pouco exagerado, de certa forma. Comparando com a concorrência – e tênis de mesmo patamar – ele acaba subindo quase três dígitos, já que podem ser encontrados tênis da mesma faixa de preço quase R$ 100 a menos. Porém, claro, se for contar muito de um aspecto geral, e não de uma característica específica da Adidas que possa agradar ao consumidor.

O veredicto final? O Adidas Vengeful parece um interessante novo modelo da marca. Ele aparece com muitos aspectos positivos que destoam dos demais tênis de corrida, tal como o design sofisticado e simples, como também sua versatilidade (treinos, competições, academia e rodagem). No fim das contas, experimentar o novo modelo da empresa alemã pode não ser má ideia. No entanto fica o registro de que mudanças precisam ser realizadas em modelos futuros para que a linha se destaque no mercado.