fabricante: Adidas

O Adidas Adizero Takumi Sen deixa os números sequenciais de lado e aposta mais no impacto do nome. Apesar de o site da empresa constar uma identificação como sendo o terceiro modelo, o lançamento não contou com especificações, deixando, assim, a nova peça sem sequência numeral.

Mas deixando de lado as burocracias, esse tênis de competição agradou muito aos usuários e era muito aguardado pela crítica para potenciais avaliações das novidades que a marca inseriria na peça. À primeira vista, a construção aparenta ser bem sistemática, com um cabedal reforçado, uma entressola nada enxuta – bem simples, na realidade – e um solado dinâmico.

Um modelo que preza pelo naturalismo do pé, ao que se percebe. Especialistas testaram e usuários experimentaram. O resultado final pareceu ser positivo, principalmente do ponto de vista que o tênis aparentou ser agradavelmente confortável.

  • Especialistas
  • Usuários
1 a 20 21 a 40 41 a 60 61 a 80 81 a 90 91 a 100

Média Geral

0 usuários: 0 / 100

3 especialistas: 91 / 100

Dê a sua nota:

Adidas Adizero Takumi Sen é bom?

Prós

  • Conforto

    O encaixe do pé ao calçado acomoda muito bem – comprando um número maior que o usual. Apesar da forma levemente apertada, o tecido e a forração interna compensam com um bom acomodamento do pé à peça.

  • Leveza

    Pesando menos que os já citados 200g para competições rápidas, o Takumi Sen corresponde bem aos corredores que aderem à leveza como principal característica para suas provas.

  • Ventilação

    Um cabedal em material que se assemelha muito a uma tela (lembrando muito o Fila Kenya Racer 3, permitindo a constante entrada de ar, circulação do mesmo e, consequentemente, uma boa respirabilidade ao calçado.

  • Amortecimento

    A construção da entressola é bastante interessante. Diferentemente dos demais modelos Adidas, o Boost não aparece recobrindo em totalidade a entressola com presença robusta. É uma mínima injeção da tecnologia na região que compreende o médio pé e o ante pé para promover uma aterrissagem segura e sem impacto para os corredores que adotam esse tipo de pisada.

  • Suporte

    O clipe de contraforte é bastante abrangente na região do calcanhar, dando um suporte total ao tornozelo do corredor, impedindo deslocamentos bruscos no momento do impacto, proporcionando segurança à corrida.

  • Design

    O design estético e funcional agradou em demasia. Um tênis quase minimalista, economizando nos detalhes mais profundos e que salienta a funcionalidade.

  • Flexível

    Flexibilidade agradável e suficiente. Nada comparável a modelos altamente maleáveis existentes no mercado. Contudo, funciona bem, sobretudo nas regiões média e frontal do calçado.

Contras

  • Forma estreita

    Desenhado para corredores japoneses sob a forma destes, o calçado tende a ser um pouco estreito. Dessa forma, a ideia é que o corredor compre um número a mais do que se está acostumado.

  • Impermeabilização

    Com a tela de entrada de ar sendo abrupta, a entrada de água se torna facilmente um incômodo. O tênis não é totalmente impermeabilizado, e isso desagradou usuários.

Avaliações especialistas

Mais Positivo

Charles Rodmell

Simplesmente um dos melhores tênis que já utilizei.

Mais Negativo

Sérgio Rocha

Achei o tênis mais leve que o modelo anterior, quando conferi no site realmente estava mais leve. Isso agrada muito, principalmente sob minha preferência por tênis de corrida.

OUTRAS AVALIAÇÕES

  • Matt Klein

    Via: Klein Runs

    Eu adorei utilizar este tênis para as mais diferentes provas. O drop baixo, a leveza e a performance me agradam muito, e o Takumi Sen carrega cada uma delas.

Atributos

  • Tecnologia

    - Quickstrike Rubber: pequenas protuberâncias em borracha macia inserida na região do solado. Compreendem quase toda a região.

    - Boost: a tecnologia é inserida em uma pequena parte da região da entressola, mais precisamente no ante pé.

    - Torsion System: placa de estabilidade alocada no interior da entressola.

  • Durabilidade

    Graças aos materiais de alta qualidade que compõem a peça, a durabilidade se torna suficiente. Não chega a ser um ponto positivo da peça, já que as pequenas borrachas QuickStrike não apresentam uma resistência alta para longos trajetos ou superfícies mais exigentes.

  • Amortecimento

    Com uma entressola pouco robusta – algo que a Adidas pouco aposta –, o Takumi Sen agradou formidavelmente. Uma pisada de transição agradável, com direcionamento de passada e alta qualidade na aterrissagem.

  • Flexibilidade

    Uma boa flexibilidade compreendida entre a região do ante pé e médio pé proporcionam uma propulsão interessante para o corredor. A maleabilidade não é tão alta como inúmeros modelos de competição encontrados, mas se torna suficiente e eficiente.

  • Ventilação

    Eficiente e presente, a ventilação se torna alta graças ao mesh exclusivo do oriente. Promovendo uma excelente circulação de ar, os corredores não sentirão qualquer tipo de suor em seus pés ao longo da prova.

  • Aderência da Sola

    A tração da peça se torna polêmica, visto que a qualidade das pequenas protuberâncias em QuickStrike agradaram alguns e desagradaram a outros. No fim das contas, muitas das críticas mencionavam o adendo à exclusão dessa tecnologia do solado e extensão do EVA até compreender a região da sola.

  • Material

    - Adiwear: borracha resistente injetada na região do calcanhar.

    - Continental Rubber: borracha da Continental já usual na Adidas alocada na região frontal do calçado, em uma pequena porção da biquira.

    - Lightstrike EVA: composto de espuma leve que promove uma pisada responsiva.

    - Tejin Japanese Mesh: material que se assemelha a uma tela que compõe quase que inteiramente o cabedal, oferecendo respirabilidade e ventilação.

Características

  • Cabedal

    Cabedal

    O mesh chamado de Tejin Japanese é bastante fino, sem qualquer sobreposição, o que permite larga entrada de ar e ventilação constante no interior.

  • Entressola

    Entressola

    A entressola é uma combinação do já popular Boost a um EVA mais leve. O Boost sendo concentrado mais na região do ante pé para assegurar uma pisada sem impacto.

  • Solado

    Solado

    Apresenta-se com a tecnologia QuickStrike contemplando quase toda a região e tendo os reforços da AdiWear no calcanhar e Continental Rubber na biqueira. A ideia é oferecer segurança sem abrir mão da leveza.

ANÁLISE

O Adidas Adizero Takumi Sen é um tênis muito elogiado. À primeira vista ele já agradou muito a crítica pela sua composição de detalhes bastante minimalistas, sem abusar de extravagâncias. Com um visual um pouco mais retrô que contrapõe uma tecnologia a frente de seu tempo. Um modelo rico em detalhes para se elogiar, e que com certeza fará frente aos gigantes da categoria competição dentro do mercado.

A construção impecável do Takumi Sen

O modelo realmente apresenta uma construção que trabalha em conjunto ao longo do trajeto. Um cabedal que proporciona uma agradável sensação de abraço ao calçado com um tecido interno acolchoado na medida certa, ventilação adequada e conforto acima da média. Logo em seguida surge uma entressola que potencializa a passada dos atletas que aterrissam com o médio pé. E, por fim, um solado de bom suporte e adequada formação.

Sendo assim, um calçado que se completa por si só. Um cabedal que trabalha executando sua função corretamente, uma entressola de propulsão e um solado de segurança. Um modelo que tem suas três partes em constante sintonia, oferecendo o melhor para o corredor que optar por este modelo.

Forma estreita e onde encontrar

A forma estreita não foi um grande desagrado. Afinal, basta comprar um número maior e a solução está arquitetada. Contudo, o problema real é a escassez deste modelo no Brasil. São poucas unidades existentes na loja da empresa, além de poucos estabelecimentos estarem repassando o modelo. Segundo a própria Adidas Brasil, em comunicado oficial, mais unidades do modelo devem chegar até o mês de outubro em terras tupiniquins.

Considerações finais

Cabedal confortável. Amortecimento impecável. Solado agradável. Modelo de excelência, a um preço um pouco alto, mas que tem tudo para ser um dos grandes do mercado. Para as corridas rápidas, um modelo leve e confortável como o Adidas Adizero Takumi Sen pode ser decisivo para bater o recorde pessoal almejado.